sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

ISTO JÁ É UM CASO DE PSIQUIATRIA

Na mensagem de Natal do Primeiro-Ministro, Sócrates, enumera todas as vantagens de termos um Governo Socialista, inclusive, o de ter baixado as taxas de juro que tanto têm afectado o povo português, nas prestações das suas casas:

Foi por isso que criámos as condições para que baixassem os juros com a habitação, generalizámos o complemento solidário para idosos, protegemos as poupanças, aumentámos o salário mínimo e actualizámos os salários da função pública acima da inflação", disse, ainda em referência a medidas tomadas pelo Governo.
Perante uma afirmação desta natureza, fiquei definitivamente convencido que o homem tem qualquer problema do foro psiquiátrico. Porque ninguém no seu perfeito juízo, diria uma coisa destas.
Ou então, é mesmo maroto…este Sócrates. Andou a sacrificar o povo com o aumento das taxas de juro e agora no Natal, imbuído do espírito natalício, dá-nos esta boa nova, como quem tira coelhos da cartola.

Parece que estamos num desespero de não conseguir a maioria absoluta e então, numa tentativa de vale tudo e com a modesta característica de narcisista[1], diz:

“Finis adest operi: mercedem posco laboris”. “Eis o fim da obra: peço a recompensa do trabalho.”


[1] Em psicologia e psiquiatria, o narcisismo muito excessivo e o que dificulta o indivíduo a ter uma vida satisfatória, é reconhecido como um estado patológico e recebe o nome de Transtorno de personalidade narcisista. Indivíduos com o transtorno julgam-se grandiosos e possuem necessidades de admiração e aprovação de outras pessoas em excesso.

7 comentários:

Anónimo disse...

Na realidade este Sócrates não parece um tipo normal.Tem razão. Utilizar a crise internacional e as baixas nas taxas de referencia do BCE para dizer que baixaram os juros por acção dele e do Governo. O homem não se enxerga!

Anónimo disse...

Aqui temos a razão do Narciso(Sócrates): A palavra é derivada da Mitologia Grega. Narciso era um jovem e belo rapaz que rejeitou a ninfa Eco, que desesperadamente o desejava. Como punição, foi amaldiçoado de forma a apaixonar-se incontrolavelmente por sua própria imagem refletida na água. Incapaz de levar a termos sua paixão, Narciso suicidou-se por afogamento.

Anónimo disse...

Estamos perto das eleições e esta é a altura perfeita para pôr em prática estratégias deste tipo!!!

Nuno Costa disse...

Vale tudo... Para o ano ainda o ouvimos dizer que forçou a OPEP a baixar o preço do barril de petróleo...

Anónimo disse...

Valha-nos Sócrates.Com tantos milagres já não precisamos dos nossos santos padroeiros.Há que ter fé no Sócrates!

professor disse...

E viva o Tratado de Lisboa,pá!

Anónimo disse...

Mas o nosso povo tem memória curta infelizmente. temos de ter consciencia quando formos votar e pensar nos nossos filhos e netos. esses são a razão de nos andarmos por aqui e se conseguirmos que o socrates não vença as eleiçoes, podemos aspirar com um futuro meljor aos nossos. se socrates ganhar sem maioria, nao me procupo muito porque o nosso PR trata dele